Adeus Frei Silvano De Cao

Adeus Frei Silvano De Cao

No dia 01 de Janeiro de 2018, no fim da celebração do Dia Mundial da Paz, na Sé Catedral de Bissau, os fiéis receberam a triste notícia do falecimento do Fr. Silvano, de 75 anos, que morreu naquela madrugada. Frade franciscano, originário da Itália, da Província de Vicenza, missionário durante 50 anos na Guiné-Bissau, concretamente nas missões de Cumura e Quinhamel (Região de Biombo) e, por último, na Paroquia de Nossa Senhora da Paz de Nhoma.

Em Julho passado, os confrades de Motta di Livenza, coordenados pelo guardião (superior) da fraternidade, Padre Marco Gallo, organizaram a cerimónia dos 50 anos da missão na Guiné do Frei Silvano e do Padre Ernesto. O Custódio, Fr. Victor Quematcha, homenageou-lhes com um “pano di pinti” tradicional da Guiné-Bissau.

Por razões de saúde, Frei Silvano foi obrigado a regressar à Itália e esteve internado desde maio ora no hospital de Pádua ora na enfermaria da ordem, em Saccolongo (Província de Pádua). onde acabou por falecer a uma hora de madrugada do dia 01 de Janeiro de 2018.

A cerimónia fúnebre, presidida pelo Ministro Provincial Padre Mário Favretto, foi realizada na Basílica Nossa Senhora dos Milagres, na quarta-feira passada, dia 03.01.2017, pelas 10 horas, em Motta di Livenza. Durante a sua vida missionária, Fr. Silvano liderou vários projectos sociais, principalmente nos domínios da educação e da saúde com projetos de construção de escolas e centros de saúde.

Diante do Custodio, os professandos reafirmaram o propósito de se consagrarem definitivamente na Ordem dos Frades Menores. Durante a Ladainha de Todos os Santos, os dois frades se prostraram no ch&aildeo em sinal de despojamento. Em seguida, cada um ajoelhou-se diante do Custódio, e nas mãosdele, proferiram a fórmula da Profissão e lhes foi entregue a Regra de Vida da Ordem dos Frades Menores. Sobre o altar, assinaram dois documentos: um no qual confirmavam os votos emitidos e outro em que renunciavam a posse de todo e qualquer bem temporal. De joelhos, receberam a bênção solene e logo após, para concluir o Rito, foram abraçados pelo Bispo de Bissau, pelos pais e pelos demais confrades.

 

 

Por Policiano Gomes
Fotos: Policiano Gomes 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *